Tem muita gente que acha que blogueira é uma pessoa super fútil, que não faz nada além de escrever sobre moda, comprar muitas roupas, sapatos e makes... Não! Blogueira não pensa 24 horas por dia em moda e em comprar, porque muito além desse mundinho “bom” tem muita gente precisando de ajuda, e é sobre isso que vim falar hoje.

Eu faço parte de um grupo, e nesse fim de semana nós fomos visitar um lixão e levar comida para as pessoas que trabalham lá.
O lugar era extremamente grande, e desde que entramos lá eu só conseguia me questionar sobre o por que de ter tantas pessoas trabalhando no lixão e, principalmente, o por que de ter tantas crianças trabalhando lá também.
O lixão era muito grande, (tipo do tamanho de uma cidade -_-). Tinham pilhas gigantescas de lixo para todo lado, e no meio dessas pilhas de lixo as pessoas ficavam de um tamanho bem pequeno. Eu, particularmente, fiquei em choque. Mas não foi como “nossa lixão, que coisa horrível ou que lugar fedido...”, e sim, por conhecer a realidade de algumas pessoas que eu não conhecia. Uma coisa é você ver as pessoas catando lixo na rua (Papelão, garrafa, latinha...), outra coisa é você ver as pessoas catando o lixo do lixo, procurando coisa para comer. E eu passei a pensar e refletir sobre a vida, e sobre outras várias coisas. São tantas perguntas que eu não consigo responder, mas só de pensar nelas eu comecei a dar mais valor as coisas que eu tenho. Às vezes a gente reclama de tanta coisa sem necessidade, né?!
Por que as classes sociais são tão diferente assim umas das outras? Em quanto uns têm tudo, outros estão procurando no lixo coisas para comer. Por que essas pessoas não tem seus direitos humanos respeitados? Não basta está escrito apenas em um papel não! Por que têm tantas CRIANÇAS trabalhando??? Primeiro, até onde eu sei, crianças não podem trabalhar! Segundo, no lixão em tão nem se fale  . Onde é que entra o “Estatuto da criança e do adolescente” nessa história?
O Art. 3º diz que: A criança e o adolescente gozam de todos os direitos fundamentais inerentes à pessoa humana, sem prejuízo da proteção integral de que trata esta Lei, assegurando-se-lhes, por lei ou por outros meios, todas as oportunidades e facilidades, a fim de lhes facultar o desenvolvimento físico, mental, moral, espiritual e social, em condições de liberdade e de dignidade.

“Condições de liberdade e de dignidade” Uma criança que trabalha no lixão para sobreviver não leva uma vida digna! Ela leva uma vida difícil de muito sofrimento, isso sim!

O Art. 4º diz que:  É dever da família, da comunidade, da sociedade em geral e do poder público assegurar, com absoluta prioridade, a efetivação dos direitos referentes à vida, à saúde, à alimentação, à educação, ao esporte, ao lazer, à profissionalização, à cultura, à dignidade, ao respeito, à liberdade e à convivência familiar e comunitária.

 Se é dever da família, da comunidade, da sociedade em geral do poder público assegurar com absoluta prioridade a efetivação dos direitos referentes a vida, por que é que tem crianças trabalhando no meio de tanto lixo? Por que tem tantas crianças procurando o que comer no meio de tanto lixo?


Como um governo que gasta tanto dinheiro em eventos, em construções desnecessárias e em mais um monte de coisa inútil não consegue garantir que os direitos básicos da vida de uma pessoa aconteça? Não precisa dar bolsa isso, bolsa aquilo... Basta dar educação, dar qualificação para que essas pessoas possam trabalhar de uma forma menos cruel. Eu não to falando que o governo tem que pegar todas as pessoas necessitadas e dar casa, comida, dar tudo para elas. Eu só estou falando que devemos nos importar mais com próximo, com as pessoas que vivem a nossa volta e a gente nem conhece. De verdade, são coisas que me deixa muito indignada!

Não fui só eu que fiquei em choque ao conhecer essa realidade, várias pessoas também pararam pra refletir. Essa ação foi no sábado (21/02/2015) e ontem eu estava falando com um colega que depois da ação ele foi almoçar no shopping e ele falou que na praça de alimentação tinha muitos pratos de comida e que a vontade dele era de subir em uma mesa e gritar, porque ele viu a quantidade de pessoas procurando comida no lixo em quanto muitas outras tem alimentos e não dão valor (pratos com comida, por que as pessoas compram e não comem nem a metade na maioria das vezes).

E depois de escutar isso, mais uma vez eu parei pra refletir mais um pouco sobre como a gente não dar valor as coisas que a gente tem, e não é só em relação a alimentação não, na maioria das vezes não damos o devido valor as coisas que temos e estamos sempre reclamando querendo mais...

Eu não tirei fotos mas teve outras pessoas do grupo que tiraram e eu peguei algumas para mostrar.




 O que aparece nessas fotos não é um terço das montanhas de lixo que tinham lá! Bom, por hoje é isso! Talvez vocês achem o post meio confuso, mas espero que tenham gostado. Espero que vocês também possam refletir muito sobre a vida, tanto quanto eu. Não sei se vocês tem religião, mas se você tem agradeça a Deus pelas coisas que você tem e pela vida.
Esse grupo é um grupo da igreja católica, nós visitamos vários lugares como creche, asilo, orfanato, lugares mais necessitados, hospitais e entregamos sopa para os moradores de rua. O nosso pretexto não é evangelizar, e sim, levar um pouco de amor para essas pessoas e ajudar elas de alguma forma.
E pra todas as pessoas que acham que blogueira leva uma vida fútil, para, pensa um pouco e vê se você esta fazendo alguma coisa para melhorar o mundo de alguma forma. Me contem nos comentários, no whats, no instagram ou em qualquer lugar sobre o que vocês acharam do post por favor, porque quero saber a opinião de vocês!
Beijo lindezas ! Até a próxima...

Pin It

Um comentário:

  1. Foi realmente muito forte este momento, e não há no que se dizer em "eles escolheram essa vida", pelo contrario, neste lugar onde todos são seres humanos e assim como nós todos, tem sonhos e desejos a realizar. Nossas políticas são fracas, em pensar apenas em alcançar o poder para arrancar grana e não para governar com dignidade e justiça. Se não houvessem pessoas com bom coração para ajudar o irmão que mais necessita, o pior a estes filhos de Deus ja teria acontecido. Parabéns pelo post :)

    ResponderExcluir